Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Vitória !!!, mas apenas uma de muitas que ainda faltam…

Com o julgamento pelo STF favorável à constitucionalidade de se utilizar o critério “racial” nas cotas, todas as outras ações contrárias as cotas (inclusive as outras no STF) na prática perderam o objeto, estarão em julgamento mas meramente  pró-forma,  já  que a mais complicada e defendida pelos “pesos pesados” era essa, as demais deverão seguir o mesmo entendimento.

A luta porém continua; a campanha para que mais universidades adotem o sistema, o fomento à permanência na universidade, a questão da pós -graduação (que é mais complicada ainda que a graduação), a empregabilidade dos egressos, o equilíbrio no serviço público e maior acesso aos escalões mais altos da pirâmide social e do poder.

Além desses, existem vários outros problemas que afligem a população negra, como o verdadeiro genocídio de jovens negros pela violência marginal ou policial, a questão de gênero (mulheres negras), saúde da população (atendimento não discriminatório, programas voltados para as doenças prevalentes com anemia falciforme e diabetes…), o combate à intolerância religiosa , a questão quilombola ,  a discriminação velada e as demonstrações explícitas de racismo, entre outros.

A resolução da maioria dos problemas citados passa pela efetivação e regulamentações complementares ao ESTATUTO DA IGUADADE RACIAL, que mesmo aprovado com tantos cortes promovidos justamente pelo DEM (que obteve a relatoria do estatuto no Senado e que já demonstrou claramente ser inimigo ( não declarado mas óbvio) dos avanços para a população negra), conseguiu conservar as diretrizes e fundamentos para a formulação e implementação de tais políticas públicas de equalização.


Deixe um comentário

Filme “Vista a minha pele” ; vale a pena assistir…

Eu tenho esse filme em VHS faz tempo e sempre “me esqueço” de converter para DVD, hoje por coincidência encontrei uma versão online hospedada no myspace, o filme é curto (15 minutos + 11 de extras) e pelo menos para mim carregou extremamente rápido (extremamente mais rápido que videos do youtube).

O curta é nacional e para ser visto com atenção nos detalhes, mostra a “história invertida”, onde os negros são a classe dominante e os brancos foram os escravizados. Os países pobres estão na Europa, enquanto os países ricos são em maioria africanos.
A personagem principal é Maria, uma menina branca, pobre, que estuda num colégio particular com bolsa de estudos pois sua sua mãe é faxineira da escola, Maria é “esnobada” e sofre hostilidades da maior parte dos seus colegas, por sua cor e por sua condição social. Como amiga possui apenas Luana, uma menina negra filha de um diplomata (vivido por Aílton Graça).

O filme é light mas “choca” as pessoas não afeitas à temática e que normalmente preferem ignorar ou minimizar o racismo no Brasil; pois é impossível não “se incomodar” e até ” se revoltar” ao ver cenas “estranhas” em que os “papéis” e detalhes corriqueiros de brancos e negros na sociedade são meramente invertidos; excelente ferramenta para o trabalho e estímulo da discussão sobre a temática do racismo, principalmente com adolescentes.

http://mediaservices.myspace.com/services/media/embed.aspx/m=46707362,t=1,mt=video