Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Adeus Marina !

adeus-marina

Todos sabemos que a pressão é grande, os compromissos e as alianças firmados vão para além do campo moral,  também para pontos pragmáticos, há que se considerar ainda que em questões de consciência cada um tem seus motivos.

Por outro lado,  a relação passional de Marina com o PT, tal qual toda separação motivada por preterimentos, traições, incompatibilidades, etc…;  gerou mágoas pessoais, orgulhos feridos, dificuldades de interação, desejo de ver o outro “se dar mal”, “provar valor”, enfim… coisas que podem suceder a qualquer um, e não raro provocando também atos “pouco racionais”,  não estou me referindo apenas pelo lado de Marina mas também do PT.

A “solução” de  sair de “consciência limpa” pelo fato de Aécio ter se “comprometido” com pontos programáticos colocados com condição, “justificando” o seu apoio, parece ser mesmo apenas mais uma forma de tentar atingir o PT  “dando um gás” à campanha de Aécio, penso que nem ela mesma acredita que tais compromissos seriam cumpridos em caso de vitória, simplesmente por em nada baterem com as práticas e mentalidade PSDBistas… .

Portanto a decisão de Marina em apoiar Aécio no segundo turno é o “tudo ou nada” dela, terá alguma sobrevida caso Aécio ganhe, mas já perdeu a legitimidade para ser “terceira via” nas próximas eleições, posso arriscar que com esse simples ato perdeu pelo menos 50% de sua densidade eleitoral, mesmo com o PT apeando do governo, o partido continuará sendo grande força política e não será agora que acabará a polarização com o PSDB, sua única chance futura (para a presidência) seria se tornar a candidata do PSDB ou por ele apoiada desde o primeiro turno em 2018 (política é caixinha de surpresas mas convenhamos isso é bem improvável…), portanto, mesmo que o PSDB ganhe, no longo prazo Marina perde ( tal qual ex-esposas magoadas,  seu único gosto será ver o ex-amado prejudicado, mesmo que isso não lhe ajude em nada, muito pelo contrário)

Agora alterando o cenário com vitória de Dilma,  nesse caso  Marina vai junto com Aécio para o semi-ostracismo…, uma vez que  Minas já “se livrou” dele, retomar o poder lá será complicado (ainda mais em um cenário com o novo governo mineiro do PT alinhado com um governo federal idem), por sua vez, todos sabem a guerra que ocorre dentro do PSDB todas a vezes que tem que escolher candidato à presidência, essa foi a chance de Aécio, se perder agora  e já tendo perdido o governo de Minas… “já era” para ele, e tendo  Marina perdido a “independência”, acaba também o grande trunfo que  a sustentou nas suas duas campanhas.

É certo que se boa parte de seus eleitores optará por Aécio no segundo turno, outra grande parte não a seguirá (eu inclusive), não apenas no segundo turno, como também em outra eventual candidatura à presidencial.

Outro sinal forte é que a amiga e apoiadora Neca Setúbal (isso mesmo, a herdeira do Itaú, de quem tanto injustamente falaram), já havia anunciado logo após o primeiro turno, que  se retirava completamente da campanha presidencial, voltando a se dedicar à Educação (seu real e principal campo de atuação), ou seja, não acompanha Marina no segundo turno, para bom entendedor… .

Se o caro leitor ou leitora  sabe do que se trata a tal “relação perde-perde” já deve ter percebido que seja qual for o resultado, para Marina é o que sucederá.

Adeus Marina !


Deixe um comentário

Marina, a rede e o PSB

Marina e CamposAssunto do final e início de semana, não poderia deixar de comentar rapidamente.

A política é mesmo um jogo de xadrez ou uma caixinha de surpresas, a união de Marina e Campos, não fazia parte das especulações dos mais antenados analistas políticos, essa reviravolta muda completamente o cenário da disputa presidencial 2014, se Lula e a Presidente Dilma tinham um pesadelo, ele se tornou realidade e ampliado… .

Eu sou “Marineiro” e fui um dos 20 milhões de votantes de Marina nas eleições passadas (votei em Dilma no segundo turno), votar em Campos em 2014 não era exatamente uma primeira opção já que o importante era não deixar o país cair nas mãos do “Tucanos” (para fazer frente só sobrava ter que votar na Rede (que acabou não virando partido) ou no PT… ) além do mais a intenção de votos em Campos era muito pequena…, enquanto terceira via não valia a pena arriscar, mas agora tudo mudou.

Na união com Marina, caso haja a transferência de votos (e comigo já funcionou)  Campos passa para o segundo lugar na corrida (e não havendo nenhum fator na campanha que aumente a musculatura tucana), praticamente garante um segundo turno…, se contra a Presidente Dilma, dado o espírito popular de insatisfação generalizado contra o status quo politicamente colocado (inclusive aberta e massivamente manifestado em julho último), a tendência é um “massacre”…, se tiver um “Retorno de Lula, a redenção” as coisas vão ser um pouco mais difíceis para o PSB “redeado”…, por falar nisso, tenho muitos caros conhecidos que militam no PSB (e outros nada caros a quem não daria de forma alguma meu voto),  apesar do posicionamento ideológico do PSB ser relativamente próximo do que reputo correto, nunca tive (e por enquanto mantenho) intenção de me filiar… , mas com a “adoção” ou adesão ao conteúdo programático da rede sustentabilidade ( a qual assinei a proposta e criação de partido), com certeza fico mais próximo…, mas ainda esperançoso de ver a rede se tornar partido.

Agora é ver como é que fica.


Deixe um comentário

Vem ai a Rede Sustentabilidade !

Com Marina Silva, no lançamento da Rede Sustentabilidade em Manaus

Com Marina Silva, no lançamento da Rede Sustentabilidade em Manaus

Hoje teve lançamento em Manaus com a participação da Senadora (já fora de mandato) Marina Silva, que foi candidata à Presidência da República nas últimas eleições, a REDE SUSTENTABILIDADE, por enquanto um movimento político que caminha para ser o novo partido político proposto por ela, estive lá no auditória da ULBRA, para dar um abraço em Marina e assinar  a lista de  apoio à criação do novo partido (são necessárias 500 mil assinaturas, que ainda não são uma filiação partidária, já que o partido oficialmente ainda não existe)

A Rede Sustentabilidade tem como proposta básica ” nos organizamos na forma de um partido novo que tem, como seu maior desafio, ser um espaço de inovação no sistema político brasileiro, de mobilização para alimentar uma nova cultura política que ajude a superar as formas estagnadas de realização do fazer político, onde hoje prevalece a destruição ou assimilação em lugar da troca. Não queremos ser mais um participante do assalto ao Estado, mas um abrigo para forças de dentro e de fora do sistema partidário, na luta para colocar a política a serviço do bem comum.”

Muitas pessoas se fizeram presentes, entre elas nosso caríssimo Deputado Luiz Castro (PPS) reconhecido por sua luta e posicionamento em relação à defesa dos Direitos Humanos  e é uma dos apoiadores de proa do movimento no Amazonas .

Voluntários da Rede em Manaus, nos destaques, Marina Silva e o Dep. Luiz Castro

Voluntários da Rede em Manaus, nos destaques, Marina Silva e o Dep. Luiz Castro

PS. A simpática Marina, não dispensou “aquele” elogio à minha camisa africana…, “Hummm, bonita indumentária… ”  ; (Além, de entender de Meio ambiente e Política, tem muito bom gosto… :-), tks pela parte que me toca… 🙂 )


3 Comentários

VITÓRIA !, Feliciano renuncia à presidência da CDH, “Vaya con Dios !” :-)

CANCELADA TEMPORARIAMENTE A NOTÍCIA, O PASTOR DEP. NÃO RENUNCIOU COMO CIRCULOU EM ALGUNS NOTICIOSOS NO ÚLTIMO DOMINGO, CONTINUA PRESIDENTE DA CDH E PARECE IRREDUTÍVEL, MAS A PRESSÃO AUMENTA E É QUESTÃO APENAS DE TEMPO… , EM BREVE ESPERAMOS QUE O TÍTULO DO POST SE TORNE REALIDADE.