Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


45 Comentários

Homem negro espancado no Carrefour acusado de tentar roubar o próprio carro

Carrão ? , nem pensar...

E ainda tem gente que fala em “paranóia”, “complexo”, etc…, quando a gente insiste que o racismo é uma praga viva no Brasil…, só mesmo o Ali Kamel no seu país da maravilhas (e Cia. Ltda) para  não  enxergar isso…

RACISMO e BARBÁRIE no CARREFOUR – O segurança e técnico em eletrônica Januário Alves de Santana, 39 anos, um negro, foi confundido com um ladrão e agredido por seguranças do supermercado Carrefour, em Osasco, na Grande São Paulo. Ele foi tomado como suspeito de tentar roubar seu próprio carro, um EcoSport.

A história é longa e absurdadamente revoltante, por isso não vou dar os detalhes aqui, ao invés disso estou dando o link para a excelente cobertura dada pela AFROPRESS  :  http://www.afropress.com/noticiasLer.asp?id=1965 ( já que para variar a grande mídia brasileira não publicou ou publicou completamente sem destaque e omitindo a questão do racismo),  hoje (doze dias depois) o ESTADÃO publicou na capa do caderno cidades de forma sucinta  (e como era de se esperar com pouca ênfase na questão do racismo) : http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,acusado-de-roubar-seu-carro-cliente-e-espancado-em-mercado,421145,0.htm

Para quem insiste em dizer que a discriminação no Brasil  é “social” e não racial, estou “quase dando a mão a palmatória…”  é verdade… , quando o negro sai do seu “esteriótipo  e ‘lugar’ social ” ele “paga o preço”, afinal se ele não tivesse um carro bacana, talvez nada disso tivesse acontecido não é mesmo ???? , cansado de ter problemas por sua situação social não condizer com o “esperado” pela sociedade, a vítima já pensa em vender o “carro problemático” ; enquanto isso nos EUA negros de posses são presos dentro de suas próprias casas acusados de estar “se roubando”…, pois é e tem gente que ainda diz que a nossa situação não tem nada a ver com a dos americanos…, não tem mesmo, imagine a possibilidade do Presidente Lula chamar a vítima e os “seguranças predadores” para uma “cervejinha” no Alvorada  a fim de “pacificar” o mal entendido… .

Deus me livre de por as rodas do meu vistoso Adventure no estacionamento dessa rede…, BOICOTE JÁ.