Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

BRANQUEAMENTO, GENOCÍDIO E NECROPOLÍTICA

Penso que muita gente sofre demais para admitir algo óbvio e histórico e fica tentando formas eufemizadas de negar um identificado e histórico projeto de branqueamento nacional, que hoje chamamos NECROPOLÍTICA (política da morte).

1- Quando o Brasil já se encaminhava para a abolição da escravidão tivemos a guerra do Paraguai, para ela foi enviado grande número de negros, que no mais das vezes funcionavam como “bucha de canhão”, termo utilizado para os que morriam primeiro por estarem à frente, a população negra sofreu grande redução… . Não por coincidência ao fim da anterior Guerra dos Farrapos, foram entregues para morrer desarmados e emboscados os “lanceiros negros”, como parte do armistício. Caxias estava envolvido nas duas situações, nos Farrapos, em 1844 escreve ao chefe militar da campanha no sul ordenando que avance com suas tropas para massacrar os negros desarmados em Porongos (aonde havia outras unidades, mas apenas o acampamento dos negros foi atacado), a carta também dizia: “No conflito, poupe o sangue brasileiro o quanto puder, particularmente da gente branca da Província ou índios, pois bem sabe que essa pobre gente ainda nos pode ser útil no futuro”. Já na Guerra do Paraguai (1864-1870) os poucos negros que sobraram, eram os que sabiam manejar as armas do Exército. Caxias escreve para o imperador demonstrando temor sobre o fato:

“[..] à sombra dessa guerra, nada pode livra-nos de que aquela imensa escravatura do Brasil dê o grito de sua divina e humanamente legítima liberdade, e tenha lugar uma guerra interna como no Haiti, de negros contra brancos, que sempre tem ameaçado o Brasil e desaparece dele a escassíssima e diminuta parte branca que há!”. O processo de ELIMINAÇÃO negra começa pelo medo de revoltas internas e avança para um projeto ideológico.

2- Entre 1869 e 1870 Arthur de Gobineau foi Ministro da França no Brasil (Embaixador) amigo de Pedro II. Segundo ele, o país apresentava raças inferiores e não tinha futuro, a miscigenação entre diversas etnias que ocorria na região originaria pardos e mestiços estéreis e degenerados. De acordo com suas teorias raciais, o Brasil estaria fadado ao fracasso e ao desaparecimento de toda a população, sendo que a única solução para o país seria a imigração de europeus, que, para ele, faziam parte de uma raça superior.

3- Em 28 de julho de 1921 Andrade Bezerra e Cincinato Braga, propuseram ao Congresso um projeto cujo artigo 1º dispunha: ‘Fica proibida no Brasil a imigração de indivíduos humanos das raças de cor preta.’ , ou ainda o apresentado a 22 de outubro de 1923, no qual o deputado mineiro Fidélis Reis apresentava outro projeto relativo à entrada de imigrantes, cujo artigo quinto estava assim redigido: ‘ É proibida a entrada de colonos da raça preta no Brasil e, quanto ao amarelo, será ela permitida, anualmente, em número correspondente a 5% dos indivíduos existentes no país.(…).” Alguns na mesma época chegaram a prever que em 70 anos não haveria mais negros no Brasil, como Carvalho Neto ao declarar: ‘Na fusão das duas raças vence a superior: o negro, no Brasil, desaparecerá dentro de setenta anos.’

4- Em 1944 em “A barca de Gleyre”, Monteiro Lobato, eugenista de carteirinha e que havia escrito um livro chamado “O Presidente negro ou O Choque” em que propunha eliminar a população afroamericana esterilizando as mulheres negras via um componente em alisante de cabelos dizia em carta à Renato Khell: “Renato, tu és o pai da eugenia no Brasil e a ti devia eu dedicar meu Choque, grito de guerra pró-eugenia. Vejo que errei não te pondo lá no frontispício, mas perdoai a este estropeado amigo. (…) Precisamos lançar, vulgarizar estas idéias. A humanidade precisa de uma coisa só: póda. É como a vinha. Esse era o espírito de boa parte da intelectualidade brasileira, que perpassava os políticos e governantes.

5- Essa intenção de ter um Brasil “branco”, ou seja, “livre” de negros (e o que seria isso senão o efeito de um etnocídio/genocídio persistente e “silencioso”) entra discretamente para o ordenamento jurídico nacional via o Decreto-lei nº 7.967/1945. cuidando da política imigratória, dispôs que o ingresso de imigrantes dar-se-ia tendo em vista “a necessidade de preservar e desenvolver, na composição étnica da população, as características mais convenientes da sua ascendência européia.” (artigo 2º), tal tipo de visão, oficializada em 1945, já fazia estragos de formas mais sutis antes e se reflete no projeto necropolítico atual.

É puro desconhecimento, ingenuidade ou má fé mesmo, tentar se valer APENAS de uma definição “dicionarística” para negar que o evidente e REGISTRADO extermínio resultante da violência policial e que atinge notadamente a população negra, não é resultado de uma aspiração e práticas históricas de ELIMINAÇÃO SISTEMÁTICA da população negra.

Isso fica muito claro, quando se vê quem morre mais pelas balas das polícias, mesmo quando não são “bandidinhos negrinhos” (como se referiu racista e recentemente o deputado federal bolsonarista Daniel Silveira ) nem estão “em confronto” com ninguém… . Aí vem do governo aonde se aumentou generalizadamente a letalidade policial, um “pacote anticrime” que visa aumentar a impunidade policial, o que na prática é uma “carta branca” para o projeto necropolítico, no qual quem mais morre são os negros… .


Deixe um comentário

A tragédia depois da tragédia…

Esse post é bem curtinho (e sem ilustração), todos sabem da comoção  nacional e internacional em função do mais que noticiado caso do incêndio que vitimou 234 pessoas em Santa Maria -RS (e deixando mais de uma centena de feridos), não há mais muito o que dizer sobre o fato em si,  e uma declaração de pesar aos familiares e amigos seria apenas mais uma entre milhões já feitas.

Minha reflexão é com relação aos absurdos que  estão se apresentado em determinados comentários pela web, com impressionantes “aulas” de “mentalidade cristã as avessas” vindas de pessoas que hipocritamente se dizem “religiosas” (esses “fariseus” que apontam o dedo e se regogizam com o infortúnio dos que “se estivessem na igreja, não teriam morrido”… ) é revoltante; bem como, todo o “jogo de cena” que está sendo armado e aproveitado por políticos oportunistas e autoridades Brasil afora…, no meio de tanta “boa intenção” dá quase para sentir uma podridão maior que a provocada por tantas mortes plenamente evitáveis (se não fosse a ganância e corrupção de uns e outros… ), Triste.


2 Comentários

Enquanto o mundo não acaba…

A rede Globo não poderia perder a oportunidade de “tirar um sarrinho” de todos os “paranóicos” que imaginam minimamente que  haja a possibilidade de uma inversão do eixo magnético da terra (e um consequente “fim da civilização atual”), só por causa de uns cálculos de explosões solares (que por “mera coincidência” tem “batido” perfeitamente com as séries históricas mais modernas) feitas há milênios por uma civilização extinta… (aliás, como tem civilização antiga extinta abruptamente, sem que os cientistas consigam entender exatamente o porque…) .

Nada como ser cético com bom humor :-); imagine se os dinossauros tivessem inteligência e algum “paranóico” deles, aventasse uma possibilidade de extinção massiva… ; morrendo de rir (kkkkkkk) alguns diriam,  – “ideia idiota, é claro que ‘o mundo nunca vai acabar’ …” CABUUMMM !!!! (ooops… e lá se foram todos os bichinhos…).

Pois é…, mas mudando de assunto, que interessante essa “maior tormenta da história dos EUA”, Nova York parada…, 11 estados em alerta, milhões de pessoas sem energia e fornecimento de água por dias (talvez semanas…); aliás essa natureza é “estranha mesmo” , só por curiosidade uma googlada em “tufão ásia 2012” vai revelar um “festival” crescente e arrasador no último ano…, porém a natureza não está “um pouco diferente” no mundo todo nos últimos tempos só por causa desses eventos climáticos… .

Ah ! e por falar em “natureza estranha”, em Ananindeua no Pará, tá todo mundo querendo saber o que foi que deu nos peixes que resolveram “apagar” de uma vez só, se acumulando aos montões… , deve ser uma bobagem qualquer…, aliás a   natureza apronta cada uma…  :-), tem uma semana encontraram mais uma (sim, mais uma porque isso não é nenhuma exclusividade )  cidade antiga submersa a 700 metros no mar do Caribe… aliás aparentemente de uma civilização muito avançada e no tal de “Triângulo das Bermudas” aonde por acaso acontecem algumas coisas estranhas também, mas isso já  é outra história…, fico imaginando que se essa civilização antiga tivesse algo como televisão, devem ter se divertido muito nos últimos dias de sua existência tirando sarrinho dos “lunáticos” (que no dicionário quer dizer “excêntricos”, visionários ou “loucos”) que ousaram imaginar a possibilidade de tudo por ali ir parar no fundo do mar rapidinho…, – “Não muda de canal não, essa série sobre fim do mundo tá muito engraçada… ” CABUUUMMM (glub glub), oooppsss…  .

Essa estória de “fim do mundo ” deve ser “com certeza besteira”…, mas o chato é que o planeta ultimamente parece adorar dar uns sustinhos no povão, é terremoto atrás de terremoto, vulcões que não entravam em erupção há séculos se ativando, aviação prejudicada em continentes inteiros por nuvens vulcânicas, cientistas falando em degelo recorde do pólo norte, neve onde não nevava, verões tórridos onde não havia verões tórridos, morte inexplicada de animais aos montes, enfim… igualzinho aquela sequência de suspense típica e crescente que aparece em vários filmes sobre fim dos tempos… (e que ninguém além dos “mocinhos” dão muita atenção) .

Oooppsss, por falar em filmes, é interessante notar a quantidade de filmes ficcionais sobre fim do mundo no últimos tempos, para quem acredita em “teoria da conspiração” poderia até pensar que essa foi a forma dos governos sabedores da catástrofe iminente “avisar” e “treinar” os menos céticos (ou simplesmente os sortudos que estiverem nos lugares certos) para sobreviver no caos e seu pós, sem causar um pânico generalizado…, ih ! será ????? .

Ah ! e  se o “mundo acabar” e você  sobreviver, não se preocupe com a fome mundial, a ONU e o Governo da Noruega (com financiamento do Bill Gates), “só por prevenção” já concluíram e inauguraram em 2008 o “Cofre do fim do mundo”, uma super instalação “à prova de tudo” no ártico, para armazenar sementes que garantirão o ressurgimento da agricultura rapidinho, afinal… prevenir é melhor que remediar… 🙂 .


Deixe um comentário

A "pisada na bola" israelense…

Fotomontagem by Brown Sugar

Que a situação do oriente médio é complicada, todo mundo sabe…, assim como, que o Estado de Israel vive em constante tensão ao tentar sobreviver cercado de vizinhos árabes não muito simpáticos à sua existência  também é fato… .

A relação com os palestinos é tumultuada e com um pouco mais de boa vontade dos dois lados, poderia ser uma convivência muito melhor…; a faixa de gaza tem sido alvo frequente de toda sorte de  ataques israelenses, que sempre ocorrem  mediante alegada necessidade de  auto-defesa/revide aos ataques de fundamentalistas palestinos.

O bloqueio econômico à região, com o controle total do acesso terrestre, aéreo e marítimo por Israel, só tem agravado a situação de penúria da população local.

Na tentativa de tentar levar ajuda humanitária, ONGs tem tentado" furar" o bloqueio.

A última tentativa foi um comboio com 6 navios com 750 ativistas e 10 mil toneladas de ajuda humanitária, chamado de "Frota da Liberdade" com navios gregos e turcos,  mas comandos da marinha israelense abordaram e invadiram alguns do navios quando estavam a 70/80 milhas da costa, portanto ainda  em águas internacionais (por normas internacionais o controle marítimo territorial  total se aplica a apenas 20 milhas…) , ou seja, Israel através de sua marinha cometeu um ato de "pirataria deslavada"  ao atacar o comboio em alto-mar, pior , causando a morte de 10 a 19 ativistas  humanitários estrangeiros  e ferimentos em mais 30.

Enquanto Israel cometia atrocidades contra civis dentro de "seus" territórios questionados e/ou também ocupados por "insurgentes", apesar  de condenável, ainda restava o "benefício da dúvida"  e a desculpa das "baixas periféricas não-intencionais" ;  já invadir navios estrangeiros, matar  e ferir ativistas humanitários em alto-mar, não tem qualquer desculpa "aceitável"…, essa foi uma "pisada na bola" que vai custar muito caro para a imagem e posição de Israel frente a comunidade internacional.

Se o embargo à faixa de Gaza  e as atrocidades impingidas aos palestinos já não encontravam apoio internacional (exceto pelos EUA), agora é que a pressão pela queda se fará sentir mais pesadamente.


2 Comentários

Terremoto no Caribe mata e fere brasileiros no Haiti

Mapa da região do Caribe

Confirmado, o terremoto de 7.3 graus na escala Richter, que atingiu a região leste do Caribe, mas principalmente o Haiti ontem (12/01) no final da tarde, causou muita destruição e muitas vítimas, incluindo 11 militares brasileiros mortos, 9 feridos internados e há desaparecidos; além deles há, outros brasileiros civis como a conhecida Médica Zilda Arns que já teve a morte confirmada e o número dois da representação da ONU no Haiti, Luiz Carlos da Costa, desaparecido.

O dirigente da ONU no país o tunisiano Hédi Annabi, estava junto com Luiz Carlos Costa em uma reunião na sede da Minustah, quando o prédio desabou, estando também desaparecido, outros funcionários da ONU também estão confirmadamente mortos ou  constam como desaparecidos.

A missão da ONU no Haiti, além dos militares das forças armadas conta com policiais militares brasileiros na UNPOL (Polícia da ONU) , no momento há dois PMs brasileiros em missão, um deles é o capitão PM amazonense Algenor Filho, que já fez contato dizendo que ambos estão bem.

O governo brasileiro, está tomando as providências para trazer os corpos e enviar ajuda humanitária, um avião com autoridades como os ministros da defesa e o das relações exteriores entre outros partiu hoje.

O número de mortos na tragédia pode superar  os 100 mil .