Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Farisaísmo & hipocrisia

fariseus-de-rondônia

Rolando ai pela web postagens sobre um suposto suicídio cometido por marido após ficar sabendo que a mulher o traia com pastor casado da igreja.

Primeiro deixar registrado que o fato de estar fazendo essa postagem não tem nada a ver com a motivação sensacionalista e até mesmo “vingativa” ou constrangedora das postagens que estão rolando por ai.

Depois dizer que essa questão “suicídio do marido” é óbvia pura invenção e aumento da história, não há registro algum de que a mulher fosse casada, não há fotos dos dois juntos, não há citação do nome do suicidado e  não há notícias sobre o suicídio que vinculem a pessoa que aparece enforcada com o caso em questão, portanto entra para o rol das e-farsas… .

Porém o vazamento da foto comprometedora, a identidade dos envolvidos (a cantora “evangélica” e o ex-pastor casado) são extremamente palpáveis, não deixando muitas dúvidas.

Não é nosso interesse “sensacionalizar” e nem expor pessoalmente ninguém, por isso não citamos nomes e nem as imagens sem antes “pixelizar” os rostos (se bem que não adianta muito, já que a coisa caiu na rede e não é nada difícil ter acesso aos dados e fotos sem proteção), da mesma forma, não se faz crítica da sexualidade, do fato de registrar a intimidade e nem da relação extra-conjugal, isso é problema de cada um e coisa comum.

Porém, o que não podemos deixar de fazer é a crítica ao farisaísmo e hipocrisia, com que pessoas que se colocam como “moralmente superiores”, fazem questão de exacerbar uma imagem pública contrária à realidade de suas práticas, que contrariam postulados morais e religiosos que deveriam aceitar e seguir já que se colocam como “ovelhas e pastores”,  nossa crítica não é direcionada especificamente às pessoas dos envolvidos, mas a toda uma legião de hipócritas que fingem para si, para os “irmãos”, para a sociedade… e que pior ainda, adoram “apontar o dedo” criticando os que humanamente tem vícios, paixões e comportamentos assumidos ou discretos, mas pelo menos não se colocam como “ungidos” e de “moral abençoada”.

Já que gostam tanto de citar a Bíblia, vai ai uma citação oportuna : “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia. Assim, também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.” Mt 23:27-28

 


Deixe um comentário

E dá-lhe Android ! (de novo :-) )

Como dizemos aqui no norte “Agora deu !, é ´queda´ para a Microsoft e Apple”   :-),  o sistema operacional da Google continua propiciando novas formas de democratizar o acesso à computação móvel e também à “fixa” (ao contrário de outros sistemas proprietários que cada vez mais “elitizam”  e encarecem tal acesso), só para se ter uma ideia, hoje já é possível com R$ 200,00 comprar um SmartPhone “Xing ling” com duplo chip e equipado com um sistema que lhe dá funcionalidades (pelo menos em nível de software) que em nada ficam a dever  aos caríssimos iPhones, mas a “novidade” tecnológica que relato agora (e que já está entre nós) fará sem dúvidas uma revolução, agora além do nosso Smartphone ou Tablet a nossa TV também pode ter o Android .

Pouco tempo atrás falei aqui no blog sobre a “Guerra dos tablets”, em que a Zona Franca de Manaus (ZFM) temia que a liberação  da fabricação de tablets em outros locais do Brasil, simplesmente inviabilizasse o nosso pólo de produção de TVs (praticamente exclusividade da ZFM);  o que se imaginava então era a possibilidade de fabricação de “Tablets gigantes” com função TV que pudessem ser literalmente pendurados na parede e assim majoritariamente utilizados (pelo custo menor e  maior funcionalidade isso seria o fim da produção vantajosa de TVs na ZFM).

Hoje checando o Twitter vi uma oferta de um site de compras coletivas muito interessante (por sinal esgotada), o INTERNET BOX,  que é basicamente um equipamento de relativo baixo custo e “powered”com Android 2.3,  mas que  no sentido contrário do “pesadelo da ZFM”,  “transforma”  qualquer TV em um  “Tablet gigante” .

Ligar um computador na TV não é nenhuma novidade, mas o INTERNET BOX (lançado no Brasil pela Multilaser) vai além disso, é a TV que passa a se comportar como um computador controlado por controle/teclado/mouse wireless (conhecido por skymouse ou airmouse) ou  mesmo USB e isso por pouco menos de R$ 500,00 (de acordo com a oferta de 40% off), mesmo que o preço fosse o dobro (mais ou menos o valor de um netbook ou tablet popular) ainda seria muitíssimo compensador, imagine navegar na web com acesso via WiFI ou cabo de rede  acessando  qualquer site e as redes sociais, rodar aplicativos (incluindo os de suítes office),  fazer downloads, assistir filmes em HD ou centenas de  canais de TV online, gerenciar arquivos em cartões de memória/pendrives etc, tudo isso em um telão de 42 ” ou mais (que provavelmente você já tem em casa) e confortavelmente sentado no seu sofá ou da sua cama…; para quem ainda não “captou” o impacto da “novidade”, isso significa praticamente o fim do uso dos “desktops domésticos” (talvez o que ainda  impeça/reduza essa possibilidade seja além de algumas limitações de hardware como baixa memória e processador “leve”, alguns aplicativos consagrados que ainda não rodam ou tenham similares para Android…, no meu caso um exemplo seria o Microsoft Flight Simulator)  e de quebra ainda dá uma boa detonada no mercado de TV a cabo…;  se alguém tinha dúvidas que a Google poderia “dominar o mundo”,  pode começar a ter certeza , daqui a pouco tempo poderemos ter efetivamente (e com baixo custo) todos os dispositivos eletro/eletrônicos de casa plugados na grande rede via Android…, já dá até um certo arrepio em pensar no poder global de quem controlar a Google…, mas enquanto isso vamos aproveitar.

Detalhes técnicos do INTERNET BOX :

  • ARM CORTEX A9, 800MHz.
  • Memória RAM de 512MB.
  • Memória flash de 4GB.
  • Sistema operacional Android 2.3.
  • Acesso à Internet sem fio.
  • Interface Ethernet RJ45 10/100M.
  • Suporte a reprodução de vídeo 1080p.
  • Saída de vídeo HDMI, (conectar à entrada HDTV para reprodução de vídeo em formato HD).
  • Interface USB.
  • Compatível com HDD portátil.
  • Compatível com gadgets de clima, calendário e relógio na área de trabalho.
  • Compatível com mouse USB e funcionamento de teclado.
  • Com controle remoto de movimento sem fio 2.4G (também chamado de air mouse ou sky mouse).
  • Com flash player 10.3.
  • Leitor de música.
  • Leitor de imagens, entre outras formas de entretenimento.
  • Leitor para cartão SD.
  • Instalador App para instalação de aplicativos a partir de cartão USB/SD.
  • Compatível com os formatos de vídeo: DAT/MPEG/MPE/MPG/M2V/ISO/TS/VOB/AVI/MKV/MP4/ MOV/3GP/3GPP/ FLC/
  • AVI/W MA/TS/M2TS/M3TS/M4TS/M5TS/MTS/M4V/FLV/3G2.
  • Compatível com os formatos de áudio: MP3/WMA/WAV/OGG/OGA/FLAC/ALAC/APE/AAC/M4A/AC-3/DTS/RM.
  • Motion Mouse com Teclado Qwerty (2,4GHz).
  • Teclas de Atalho.


4 Comentários

Caixa suspende comercial com “Machado de Assis branco”

Imagem de divulgação

Que maravilha que é ter a INTERNET para dar voz ao povão e aos movimentos sociais, bem como, ter um orgão governamental federal cuja função é fazer  a interface entre governo e sociedade nas questões  relativas à desigualdade racial vigente há séculos no país…; a coisa foi muito rápida…, entenda a história toda:  http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/caixa-suspende-comercial-com-machado-de-assis-branco


Deixe um comentário

Momento Nerd: meus smartphones se casaram com meu note…

Meus "Smarts" Palm Treo 650 e Centro, emulados no meu Notebook Acer

Como todo profissional de T.I tenho meu lado Nerd (ou GEEK), trocar arquivos entre meus smartphones e o micro sempre foi corriqueiro, mas numa das minhas "fuçadas" pela web, achei uns aplicativos bem interessantes para "estreitar" os laços entre minhas maquininhas; não são  "lançamento" nem grandes novidades…, eu é que não tinha notado nem me interessado em procurar por coisas do tipo.

É só para quem é usuário de Palm, trata-se de dois programinhas muito úteis, ambos da mesma empresa, o primeiro é o PDAnet (que faz o palm funcionar como modem, possibilitando usar no micro o acesso internet do plano de celular), o segundo é o PDAreach   (que permite controlar completamente o palm a partir do micro).

A vantagem é que se pode mexer com os aplicativos e arquivos do palm (incluindo as operações do telefone) utilizando o teclado e a tela do micro (o que é muito mais confortável dependendo da situação…).  

 Recomendo


Internet: para quem e para quê ?

O presente post não é  para discutir as recentes notícias sobre pesquisas que indicam que a INTERNET banda larga ainda é um sonho distante para muita gente no Brasil todo (principalmente no Amazonas que tem além da menor cobertura, a pior e a mais cara do Brasil …), tampouco as potencialidades educacionais da mesma.

Aqui eu quero compartilhar uma reflexão pessoal, mais que isso, um desabafo…, em relação ao uso que muitos dos que  já  tem algum tipo de acesso vem fazendo dele.

A noção e a esperança que uma maior inclusão digital e cibernética, atuaria como uma grande ferramenta para ampliar o conhecimento e o desenvolvimento pessoal e até mesmo de classes, leva um duro baque ao ver o que muita gente anda fazendo com o seu acesso  INTERNET.

O principal foco dessa triste constatação aparece nítidamente  na web em  três  situações, o uso do MSN, do ORKUT e mais recentemente do TWITTER…, aplicações extremamente popularizadas em todas as camadas sociais (o MSN parece ter caido bastante nas classes mais altas, que migraram para redes mais reservadas e para o SKYPE, assim como também  abandonam o ORKUT  e   tem migrado para redes menos "populares" como o Facebook e Sonico) .

O "alvo" do desabafo é gente que usa o MSN para "teclar" com gente  com quem não tem nenhuma  afinidade/assunto comum que justifique  razoavelmente o contato,  pessoas que nunca viram (e provavelmente nunca vão ver…) ou pior… acabam vendo sim, como nos casos dos não raro desastrosos e decepcionantes encontros reais que sucedem "namoros virtuais" (o mais "idiota" dos usos que podem ser dados à  ferramentas web…).

O Orkut tem efeito ainda pior, pois  os "utilizadores sem noção", além de estabelecerem "amizades virtuais"  absolutamente desnecessárias e sem o mínimo sentido, "queimam o próprio filme" ao adicionar comunidades  comprometedoras, expor fotos no estilo "piriguete" / badboy  baladeiro (e outras fotos bizarras), adicionar pessoas que conseguem usar a ferramenta de forma ainda mais desastrosa para a própria imagem… e para a dos "amigos" (aqueles "malas" que lançam "scraps detonadores" e comentários nada elegantes  nas fotos… e o que é pior…, são mantidos  intactos com todo "carinho" pelos atingidos…); o fato é que tem gente que consegue parecer muito "pior" no ORKUT do que é na realidade…, o que é uma " tremenda roubada", pois a imagem pessoal  no real é  negativada grandemente; hoje o RH de muitas empresas antes de contratar alguém (ou mesmo promover) sempre dão uma "fuçadinha"  no perfil da pessoa…, um encontro afetivo promissor  ocorrido em uma "balada" ou outra situação real pode "desencantar" após o conhecimento da "versão orkut" dos protagonistas… .

A "versão twitter" do mau utilizador da tecnologia,  já é conhecida, primeiro pela enorme quantidade de twittadas que faz em um dia, segundo pela irrelevância da maioria delas…,  ainda tem gente usando o twitter para descrever sua rotina diária, (até uma ida ao banheiro vai para o twitter…), mas a coisa "descamba"  mesmo  quando começam as trocas de mensagens "picantes" ou indiscretas, já vi gente comentando até crise de diarréia… .

Quanto ao uso dos blogs a coisa muda um pouco de figura…, em geral quem se propõe a manter um blog é porque  gosta de escrever (e consequentemente lê muito), apesar de ter muita "tranqueira" na blogosfera, a impressão que se tem é que os blogueiros no geral  sempre tem algo útil ou interessante a dizer nas suas respectivas linhas de atuação preferencial, as diferenças ai ficam mais por conta de questões políticas/ideológicas .

Enfim, a massificação do acesso à INTERNET apesar de estar causando  evoluções e revoluções, tem também reproduzido virtualmente a maior da pobrezas,  a pobreza de espírito… 


30 Comentários

Auxílio Reclusão: se indignar ou entender ?

Fotomontagem by blogdojuarez

Ao ouvir falar em auxílio reclusão (hoje muito “divulgado” na web como Bolsa-Bandido, Auxílio-Criminoso ou Bolsa-Marginal), aposto que um monte de gente imagina a cena acima…

Recebi de um colega de trabalho (após o mesmo receber um “email  indignado” desses que circulam pela web),  a  presente  ” sugestão de pauta”  para desenvolver no blog  com o tema em tela, topei e aqui está :

 

O “email-catastrofista-indignado” tinha o seguinte teor:

Subject: Você sabe o que é o AUXÍLIO RECLUSÃO?

É REVOLTANTE !!!!!!!
O MAIOR DOS ABSURDOS:

Você sabe o que é o AUXÍLIO RECLUSÃO?

Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que, a partir de 1º/1/2010 é de R$798,30 por filho para sustentar a família, já que o coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso. Mais que um salário mínimo que muita gente por aí rala pra conseguir e manter uma família inteira.

Ou seja, (falando agora no popular pra ser entendido) Bandido com 5 filhos, além de comandar o crime de dentro das prisões, comer e beber nas costas de quem trabalha e/ou paga impostos, ainda tem direito a receber auxílio reclusão de R$3.991,50 da Previdência Social.

Qual pai de família com 5 filhos recebe um salário suado igual ou mesmo um aposentado que trabalhou e contribuiu a vida inteira e ainda tem que se submeter ao fator previdenciário?

Mesmo que seja um auxílio temporário, prisão não é colônia de férias.

Isto é um incentivo a criminalidade nesse pais de merda, formado por corruptos e ladrões.

Não acredita?

Confira no site da Previdência Social.

Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS < http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22 > http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

 

“Macaco velho” que sou e mais que “escaldado” com esse tipo de “indignação” e  ” cruzada web” típica  tanto da “burguesia abastada” que forma opinião lendo a Veja, quanto da “plebe” que adora “programa marrom”  de TV que mostra catástrofes, criminalidade, etc…, sempre com um “paladino da justiça” vociferando contra os bandidos, as autoridades e o “pessoal dos Direitos Humanos”, fui obviamente pesquisar em fontes seguras…, e heis que surge …

A VERDADE

1- O Auxílio-reclusão: é pago pela Previdência  aos DEPENDENTES de segurados que estejam presos.

2- Para fazer jus ao benefício O PRESO TEM QUE SER SEGURADO DA PREVIDÊNCIA, ou seja, não é para dependentes de  “bandidos vagabundos” e sim para dependentes de TRABALHADORES que por qualquer motivo tenham sido presos… (lembrando que nem todo mundo que é preso é de fato “bandido” e nem todo bandido chega a ser preso…)

3- NÃO BASTA SER SEGURADO…, há um teto máximo ( salário de contribuição anterior à prisão )  não pode ser maior que R$ 798,30, ou seja, beneficia FAMÍLIAS DE TRABALHADORES DE BAIXA RENDA QUE SEJAM PRESOS

4- A MÉDIA DO BENEFÍCIO É R$ 544,04   e não R$ 789,23 (esse é o TETO máximo do salário contribuição anterior a prisão para ter direito ao benefício e também o máximo possível a receber), por exemplo se um aux. de pedreiro ou uma empregada doméstica ganhava R$ 600,00 e contribuia para previdência em cima desse valor, a familia receberá R$ 600,00 durante o período de encarceramento E SÓ.

5- O BENEFÍCIO  É ÚNICO,  NÃO POR DEPENDENTE… se o preso tiver mais que um dependente o valor é dividido entre eles e não multiplicado por eles. detalhe: o  benefício será pago desde que o segurado não esteja recebendo salário da empresa, auxílio-doença ou aposentadoria.

6- Com a morte do segurado (se for morto na prisão obviamente) o auxílio-reclusão será convertido em pensão por morte.

7- O benefício cessa se: o segurado fugir do estabelecimento prisional, for posto em liberdade condicional ou houver progressão do regime de cumprimento de pena para a prisão albergue ou  sentença com  a extinção da pena.

8- De uma população carcerária  brasileira de 450 mil presos, menos de 6% das famílias recebem o benefício.

Portanto,  ao invés de um “incentivo a criminalidade”  ou uma “injustiça com quem é honesto e paga impostos”, o auxílio-reclusão é na realidade uma forma de não “piorar o inferno” de quem é dependente de um trabalhador de baixa renda que por um motivo ou outro acabou preso… (lembrando que nem todo preso é de fato culpado, agiu dolosamente, ou vem a ser  condenado após um bom período preso…).

IMAGINE agora as N possibilidades de alguém que não é de fato “bandido”  ir parar na cadeia…, enganos de pessoa,  “armação”, crimes sem dolo ou por motivos fúteis cometidos de “cabeça quente” ou num momento de embriaguez….  :

a) Uma trabalhadora mãe arrimo de  família,  cujo um dos  filhos por infelicidade é viciado e começa a  atuar como “avião de traficante”, guardando e entregando droga; certo dia a polícia dá uma batida na casa e encontra droga escondida pelo filho sem o conhecimento da mãe (que apenas estando no local é presa em flagrante…) o resto já dá para imaginar…;

b) Uma mulher casada cansada de apanhar do companheiro, no meio de mais uma sessão de espancamento,  reage e descontrolada  mata o marido agressor…

c) Alguém que “de bobeira” pega carona no “carro errado” ( justamente quando a polícia para o carro e acha meio quilo de cocaína embaixo do banco..)…

d) Numa briga fútil qualquer (trânsito por exemplo)  alguém “quase mata” alguém e acaba preso por tentativa de homicídio…

Note que não se trata nem de “defender”  os incriminados e presos pelo exposto acima, mas sim OS FAMILIARES DEPENDENTES QUE NÃO FIZERAM NADA E DE UMA HORA PARA OUTRA “PERDEM” SEU ARRIMO…

Por isso é que sempre digo que a INTERNET ao mesmo tempo que deu voz aos tradicionalmente excluídos e permitiu uma maior democracia na socialização da informação e capacidade de articulação social, permitiu também que gente sem a menor alteridade, conhecimento de causa ou mesmo uma causa justa, possa ficar espalhando ideias reacionárias, mentiras deslavadas e toda sorte de argumentos falaciosos na contra-mão de uma nação mais justa…  aliás… lembrando a Constituição Federal … :

Artigo. 3º

Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II – garantir o desenvolvimento nacional;

III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

OBS. antes que alguém tente deturpar o item IV …   lembro ORACY NOGUEIRA : “Considera-se como preconceito racial uma disposição (ou atitude) desfavorável, culturalmente condicionada, em relação aos membros de uma população, aos quais se têm como estigmatizados” (Nogueira, 1985, p. 78-9) ;  a palavra “racial” está ali no meio mas poderia ser  tranquilamente substituida por qualquer dos recortes citados (origem, gênero(sexual), idade ou outros ), ou seja, PRECONCEITOS TRADICIONAIS QUE GERAM DISCRIMINAÇÂO NEGATIVA, não referências ou Ações Afirmativas que tentem reduzir as desigualdades tradicionais.

E ai ? entendeu ?, ou vai continuar “indignado-sem-causa” ?