Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Juiz Federal afirma em sentença que Candomblé e Umbanda não são religiões

arma-candomblé

Coisa que não costumo fazer é comentar magistratura muito menos decisões judiciais, mas dado a gravidade do caso, não poderia deixar de primeiro registrar e divulgar a situação aqui no meu espaço de reflexões compartilhadas com alguns leitores costumeiros ou eventuais, e segundo indicar a leitura do primoroso recurso feito pelo MPF- Ministério Público Federal.

A 17ª Vara Federal do Rio de Janeiro negou pedido de antecipação de tutela ao MPF  em Ação Civil Pública que visava a retirada de vídeos do YouTube, com a alegação de que promoveriam intolerância e discriminação religiosa contra a Umbanda e o Candomblé. Na decisão, de 24 de abril deste ano, o juiz Eugênio Rosa de Araujo afirmou que os cultos não são religiões, conforme trechos da decisão destacados abaixo:

“Ambas manifestações de religiosidade não contêm os traços necessários de uma religião a saber, um texto base (corão, bíblia etc) ausência de estrutura hierárquica e ausência de um Deus a ser venerado” 

“As manifestações religiosas afro-brasileiras não se constituem em religiões, muito menos os vídeos contidos no Google refletem um sistema de crença – são de mau gosto, mas são manifestações de livre expressão de opinião.”

Não vou comentar diretamente a questão, mas recomendo fortemente a leitura do primoroso recurso do MPF ao TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região). (atenção está em .PDF) .


2 Comentários

A Educação a Distância como Instrumento de Desenvolvimento Social e Regional (Monografia de Pós)

educacao_dist2Dia desses pretendia usar a  monografia da minha Especialização em EAD (Educação a Distância) em uma discussão virtual,  porém em uma busca rápida pela web não encontrei a mesma disponibilizada livremente (eu tinha publicado em meu velho site pessoal, mas na mudança de provedor o link passou a apontar para “o nada” ) nem no site de biblioteca da própria Universidade Católica de Brasília encontrei.

Portanto, não apenas para a minha comodidade de poder recupera-lá ou referencia-lá online onde eu estiver, mas também para a de quem está pesquisando o assunto, estou fazendo esse post e disponibilizando a mesma em anexo.

Apesar de contar já com 6 aninhos ela está bem atual, e por tratar de um assunto não muito explorado (pelo menos não tinha sido sistematizado em português e consolidado a partir de tantas fontes dispersas), permanece como uma das poucas referências um pouco mais abrangentes sobre o tema.

A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) COMO INSTRUMENTO DE
TRANSFORMAÇÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO.  
Um breve relato e reflexões sobre experiências exitosas e possibilidades

Monografia EAD como Instrumento de Transformação Social e desenvolvimento

Nela demonstro como países subdsenvolvidos e emergentes encaram a EAD com o enfoque descrito, bem como, experiências brasileiras (inclusive regionais e pouco conhecidas/divulgadas), já há uma outra versão atualizada e adaptada para ser publicada como livro em breve… :-), essa ai é a original.


6 Comentários

Vem ai um novo músico… II

Finalmente !!! , conforme havia previsto no post anterior  “Vem ai um novo músico…” ,  já estou  com o meu primeiro  teclado eletrônico e iniciei o estudo de música (um sonho antigo e muito adiado…).

O teclado da MICHAEL o KAM500 (vide o post anterior) cumpre tudo que promete, é de fácil manuseio, em português e rapidinho já peguei o que é o que nos controles…, ouvi o modo DEMO, aprendi a iniciar/pausar e trocar os ritmos, as viradas A e B , escolher os instrumentos sintetizados, ativar o modo aula passo-a-passo (em que você pode “seguir” uma das músicas pré programadas, mas antes tem que aprender sobre as notas e uso das mãos nos acordes, ainda não fiz isso…) mas já  até toquei  “agogô eletrônico”  acompanhando a batida pré-programada de axé music, o manual é claro e vai direto ao ponto.

Agora só falta aprender a tocar mesmo… 🙂 (teoria musical + prática) , como sou do tipo auto-didata procurei por um método que me  agradasse e fosse eficiente,  foi ai que a minha experiência com cursos a distância ajudou a escolher o método  D’Accord  (que achei na Web),  é um curso para iniciantes que alia a teoria à  prática, desenvolvido com animações  flash e som,  que é baixado integralmente  para o computador (assim você não precisa estar online para estudar),  a vantagem desse curso é que ele tem uma versão DEMONSTRAÇÃO que você pode baixar e ver algumas lições  antes de decidir comprar a versão definitiva (R$ 42,00,  que já comprei) .

Estou gostando muito do curso, é muito bem elaborado e segue o padrão de bons  cursos EAD (Educação a Distância), recomendo.