Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Angolanos já estão “cabreiros” com a “Igreja do Valdomiro”…

site-de-angola-pr.demitidos

Existe uma grande diferença entre intolerância religiosa (não aceitar, caluniar, “satanizar” e discriminar os princípios religiosos e os membros comuns de uma determinada crença que ” não bate com a sua” ) e não fechar os olhos e criticar  a ação criminosa (criminosa sim ! pois obter dinheiro abusando da fé das pessoas crédulas e para fins de enriquecimento próprio, não tem outro nome a não ser ESTELIONATO…) feita “em nome de Deus” .

Já não é novidade para ninguém a “guerra” estabelecida entre os líderes das maiores igrejas neo-pentescostais do Brasil (e parece que já do mundo…);  mestre e  discípulo trocando farpas públicas e mutuamente  “entregando podres” um do outro (o que nem assim consegue “abrir os olhos” dos seguidores de um e de outro) .

Na guerra pela conquista de novos mercados muito vulneráveis (leia-se África), ao contrário do silêncio e inação de autoridades brasileiras com o que tem ocorrido em terras tupiniquins, as autoridades angolanas (e principalmente alguns do povo)  já começaram a se manifestar com relação à “limpa” que está se abatendo sobre seus cidadãos e sobre os métodos cínicos de burlar as leis, por exemplo retirando divisas do país por meio de caravanas de pastores  que viajam para fora do país  com o máximo do limite pessoal de dólares permitido N vezes por mês, em um “vai e vem de formiguinha”, entre outros escândalos que demonstram a  verdadeira destinação do dinheiro obtido com a manipulação da fé dos incautos.

Enquanto lideres acumulam milhões de dólares em espécie e patrimônio, no Brasil, na outra  ponta templos recebem ordens judiciais de despejo pois simplesmente não pagam seus aluguéis… (lesando também os donos de imóveis que “crescem o olho” sobre o filão de dinheiro que flui dos bolsos e bolsas dos fiéis) .

Fico muito chateado e me envergonha ter que ler coisas como estas :

“Um angolano disse ao Agora: “A igreja se transformou em uma forma de enriquecimento familiar. Quase todas as semanas chegam brasileiros que regressam com os bolsos cheios”.

No AngoNotícias, um leitor comentou: “O governo angolano é tímido em agir perante estes casos, sobretudo perante aos brasileiros que vêm roubar o povo. [O governo] só olha os bandidos das ruas e esquecem os bandidos e diabos brasileiros que enganam os angolanos diariamente”.  “

Em Angola,  brasileiro agora está virando  sinônimo de bandido, ladrão, “diabo” e enganador… , graças a esse bando de  #**%%**¨%$#@  que “em nome de Deus” pilham o povo já tão sofrido e carente, vergonha !

Mais detalhes:

http://blogs.odiario.com/inforgospel/2011/06/15/pastores-da-igreja-mundial-em-angola-sao-expulsos-por-desvio-de-dizimos/

http://www.baixegospel.blog.br/2011/06/igreja-mundial-esta-na-mira-da-justica.html


Deixe um comentário

Tadinha da classe média alta, como sofrem… :-)

A questão das cotas universitárias continua gerando “manchetes terroristas”… :-), a imprensa inconformada e mal informada não perde a chance de fazer seu “mimimi” , mas podia ser pior … imagine a seguinte manchete : “Exilados pelas cotas, vivem o drama de ter que deixar a pátria para poder estudar” … 🙂  é o terror senhores é o terror… 🙂 e não para, igualzinho ao “mimimi” da classe média alta e branca e de seus jovens “rebeldes sem causa” insistindo em mobilizações  anacrônicas contra a implantação das cotas universitárias, vamos ter pena gente, são uns “coitadinhos”, agora que já não podem mais ficar de graça com todas as vagas das universidades públicas que consideravam o top da educação superior de qualidade (e “propriedade exclusiva e natural por direito divino” deles), preferem ir gastar seus dólares em Harvard e Cia Ltda., uma verdadeira “tragédia” 🙂 ainda bem que o PROUNI e os pobres que não entrarem nas públicas ficarão para manter o sistema superior privado brasileiro … .