Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Filmaço nacional : O Jardim das Folhas Sagradas

Eu já havia publicado este post no final de 2011, mas como o filme acabou não sendo lançado no circuito normal dos cinemas e nem em DVD, misteriosamente nem as já tradicionais “cópias-piloto” se encontrava ai pela web… (e não me pergunte os motivos, mas desconfio que “de repente” o filme entrou na categoria de “não comercializáveis” ou “exibíveis”, devido à temática…), por coincidência hoje descobri que foi disponibilizado integralmente no Youtube… :-), então estou atualizando o post, assista e se for o caso baixe logo pois sabe-se lá até quando estará disponível…, assisti e RECOMENDO, de fato um ótimo filme.

Um filme sobre a espiritualidade, ecologia e conflitos do cotidiano urbano. Jardim das Folhas Sagradas oferece o debate sobre bissexualidade, intolerância religiosa e preconceitos étnicos, ao mesmo tempo em que expõe nuances do Candomblé e discute a degradação das áreas verdes nas cidades vitimadas pela especulação imobiliária.

FILME COMPLETO :


3 Comentários

Besouro, o filme

Besouro O filme

Cartaz de divulgação

Estreiou simultâneamente (com 120 ou 160 cópias) em todo o Brasil  na ultima sexta feira de outubro, o longa-metragem  do diretor João Daniel Tikhomiroff sobre o lendário Besouro Mangangá (Manoel Henrique Pereira 1897-1924, um herói da capoeira que se tornou uma "lenda viva", cantado e referenciado até os dias de hoje pelos  seus praticantes), Besouro é clara e assumidamente um filme de ação e ficção (mas inspirado em uma história real) ambientado no Recôncavo baiano  dos anos 20 do séc. passado  .

Besouro, antes mesmo da estréia, já tinha tudo para ser um marco da cinematografia nacional:

Primeiro, pelo tema que envolve além da capoeira, vários outros elementos da cultura e estética afrobrasileira  como os Orixás do Candomblé (além de uma crítica histórico-social muito importante no momento em que a população negra busca resgatar não apenas seus valores culturais, estéticos  e  a auto-estima, mas principalmente  sua cidadania plena através das AA) ;

Segundo, pela introdução de um "super-heroi" brasileiro e negro…, bem como pelas cenas  com efeitos especiais fantásticos não apenas  nas lutas (ao estilo dos filmes de artes marciais orientais, Matrix e outros  do  gênero),  mas  também na fase da  "evolução"  de Besouro,  que introduzem  uma linguagem cinematográfica inédita  no Brasil;

Terceiro, pelo custo (10 milhões de Reais)  e o trabalho de divulgação prévia feito basicamente pela internet, ; só pelo trailer (visto na web mais  de 500.000  vezes), pelo site do filme (tem como música de fundo um toque com berimbaus impressionante)  e pelo blog ( que permitiu o acompanhamento  da produção  desde antes do início das filmagens) já se pode ter uma idéia do que esse filme significa no contexto nacional… e arrisco desde já uma "profecia" …,  vai estar na próxima festa do OSCAR…, e com grandes chances de trazer a estatueta de melhor filme estrangeiro.

Bom, detalhes como elenco, sinopse , etc…, nada melhor que deixar com quem fez (e muito bem-feito) : http://www.besouroofilme.com.br  (site com trailer, sinopse, etc…)  ou http://www.besouroofilme.com.br/blog  (o blog com tudo sobre os bastidores e premieres ).

* nos comentários as impressões pós-filme