Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA


Deixe um comentário

Por quê os Orixás se comportam diferente e se apresentam distintamente em África, Caribe e Brasil ?

Yemanjá em terra, na Nigéria, Brasil e Cuba.

Logo de início deixo claro que é apenas uma reflexão minha, uma hipótese levantada a partir do meu conhecimento sobre as religiões de matrizes africanas enquanto estudioso/ acadêmico e praticante neófito (há alguns anos), não a partir dos “segredos” e fundamentos que só pertencem aos sacerdotes e sacerdotisas.

Orixás nas américas e caribe vieram nos oris dos traficados de África. Assim como os nossos ancestrais tiveram que se adaptar ao novo mundo as formas de culto também… .

Não são os Orixás feitos dos Orixás dos Babas e Yas ? Não conformariam linhagens com características “hereditárias” ? de quantos “oris originais” saíram os santos afrobrasileiros ? Isso explicaria o “padrão” que temos aqui ? diferente dos africanos ou mesmo dos caribenhos, sobretudo os cubanos, cujas características são parecidas entre si, mas um tanto diferente dos que vem à terra no Brasil ??? .

Outra questão que se coloca ante algumas afirmações “puristas” que visam colocar as práticas em África como “preferenciais e verdadeiras tradições a serem seguidas” é : As formas de culto em África permanecem as mesmas de 500 anos atrás ? de certo não, inclusive algo do perdido por lá, aqui foi preservado, mas como lá, também aqui ocorreram mudanças circunstanciais… .

Não existe “pureza” em se tratando de cultura mas sim tradições e isso inclui as relações e práticas do místico-sagrado, no entanto é bom lembrar que toda tradição é uma invenção, uma construção ao longo do tempo e do espaço, que agrega, abandona e substitui elementos além de mesclas com elementos de outras culturas que com o tempo passam a ser vistos como parte natural da tradição sem maiores questionamentos.

A natureza é forte mas até ela muda ou é mudada, por vezes em alguns aspectos “controlada”. Todo fogo é incontrolado/ incontrolável ?, toda água só vai aonde quer e como quer ? não se pode “obrigar” uma nuvem a fazer chuva ?, o vento não pode levar um barco a um destino ? não pode ser produzido em forma de jato ? não existem “quebra-ventos” ?, o ar não pode ser resfriado, aquecido, canalizado? então…

Isso não quer dizer que a natureza seja absolutamente controlável e sabemos muito bem que não, tampouco as forças naturais ou sobrenaturais.

Se partirmos do pressuposto que “nada se controla” das forças ou energias da natureza ou que nada funciona fazendo um pouco ou mesmo medianamente diferente, então teríamos um grande paradoxo, pois não existiria nem tecnologia, muito menos mística… nem aqui, nem no Caribe, nem em África… 🤷🏿‍♂️


Deixe um comentário

Fidel profeta? , 1973 : “Estados Unidos dialogará com Cuba quando tiver um Presidente negro e houver um Papa latino-americano”

Montagem by Blogdojuarez

Montagem by Blog do Juarez

Correndo ai pela web, e não poderia deixar de registrar aqui no blog .

Era o ano de 1973 e Fidel Castro, Primeiro Ministro de Cuba, retornava de uma visita ao Vietnã  antes do final da guerra, quando em um encontro como jornalistas internacionais, foi perguntado pelo britânico Brian Davis, “Quando acredita que poderiam se restabelecer as relações entre Cuba e EUA ? “, memorialistas registram que nesse momento Fidel com um olhar fixo no interlocutor, falou bem alto, de modo que todos presentes puderam ouvir : ” Estados Unidos vendrá a dialogar con nosotros cuando tenga un presidente negro y haya en el mundo un Papa latinoamericano” (acho que não precisa tradução mas…, basicamente disse “Quando os EUA tiverem um presidente negro e o Papa for latino-americano”), o que na conjuntura só poderia ser interpretado como uma resposta grandemente irônica .

O vaticínio soou como pilhéria para a maioria, já que ambas as condições pareciam ser pouco prováveis (pelo menos em curto espaço de tempo), principalmente quando sincronizadas.

Passados 42 anos as palavras de “El Comandante” se confirmam, claro que se não havia como saber se e quando os eventos do presidente negro e do papa latino-americano ocorreriam, ao ocorrerem não deve ter sido muito difícil convencer ambos que a segunda parte da profecia já não dependia do acaso, mas da boa vontade, primeiro do Papa em funcionar como facilitador desse diálogo e depois de Obama em marcar esse ponto histórico, e de quebra atribuir ao líder cubano mais um elemento “messiânico” à sua já legendária figura, o de Profeta… .


1 comentário

Blogosfera

blogosfera1Sexta-feira… \o/ !!! :-), vamos encerrando os posts da semana comentando dois episódios relacionados à blogosfera que marcaram os últimos dias.

O primeiro foi o passamento do Editor do ” Blog da Floresta” ,  Jornalista Orlando Farias, na terça (19); o blog profissional (ativo desde 2009) é uma referência noticiosa não apenas local mas para toda a região norte, e sendo profissional, não parou… assumiu interinamente a chefia editorial o jornalista Mário Dantas (sócio e co-fundador do blog junto com Orlando Farias e o Gerente de TI, Marcio Lopes), nossos sentimentos aos amigos, familiares e leitores do finado.

O segundo é a tumultuada visita da Blogueira Cubana Yoni Sánchez, ao Brasil;  mundialmente conhecida por sua oposição cibernética ao regime cubano, seu blog “Geração Y” (hospedado na europa)  tem mais de 12 milhões de acessos mensais (isso só na versão em espanhol, o blog é também traduzido por voluntários em dezenas de outras línguas), como em Cuba não é permitido ao cidadão comum ter INTERNET em casa, ela posta de cybers cafés, hotéis… e “as cegas” pois não é possível acessar o frontend do blog em Cuba, por conta de um bloqueio feito pelo regime.

 A blogueira recebeu vários prêmios internacionais, que lhe renderam uma boa grana (que obviamente ela não pode usar em Cuba…) , também não podia sair de lá…, agora pode sair e está em visita ao Brasil, o tumulto fica mais por conta do assédio da grande  mídia e de manifestações feitas por simpatizantes do regime cubano, que “acusam” a blogueira de “mercenária” e de ser agente/fantoche de forças “anti-cubanas e anti-socialistas”… (o que convenhamos, é um tipo de perseguição muito paradoxal, já que parte de esquerdistas brasileiros que “malham” a finada ditadura brazuca que “barbarizou e cerceou os seus dissidentes, mas apoiam uma outra ditadura ainda mais cerceadora… ), não tem muito mais o que dizer, está na mídia e com certeza foi o assunto da semana.  (será que um dia vou ter ao menos um milhãozinho de acessos ao mês ????, deveria…, afinal eu tenho “pinta de cubano” e também não sou “fã” de “los comandantes”   🙂 )

Bom fim de semana !


Deixe um comentário

Preso Líder do Movimento Negro Cubano

O Dr. Darsi Ferrer (um dos três principais líderes do movimento negro cubano) está preso na prisão de Valle Grande, em La Lisa, na periferia de Havana (Cuba), destinada a presos comuns, não a presos políticos . Segundo notícias a parte da prisão em que foi encarcerado Ferrer é a destinada aos prisioneiros com tuberculose e infectados por HIV, o que demonstra a clara intenção do governo cubano.

O regime implantado por Fidel Castro e agora conduzido por seu irmão Raul, sempre negou a existência do racismo em Cuba pois o mesmo não é condizente com a imagem de um país socialista em que a desigualdade tenta ser combatida; para tanto, ao invés de combater o racismo na sociedade, o regime optou por reprimir os ativistas e movimentos que o denunciam; lançando mão de expedientes da mais baixa torpeza a fim de incriminar dirigentes por crime comum e “dar um recado” sobre o tipo de tratamento a ser dispensado aos que insistirem em lutar pelos direitos humanos em “la Isla” .

Hoje o Movimento Negro Cubano já conta com mais de 35 entidades em toda ilha , o mundo todo precisa saber disso e da atrocidade que está sendo cometida pelo governo cubano, mais que isso, forçar o mesmo a parar tal atrocidade, para tal está na web um abaixo-assinado que todas as pessoas comprometidas com o senso de justiça, direitos humanos e principalmente com o combate ao racismo não podem deixar de assinar : http://www.petitiononline.com/drferrer/petition.html

O Prof. Carlos Moore (reconhecido intelectual cubano dissidente e ativista negro que vive no Brasil) , da conta da situação:

20 de octubre de 2009

Queridos hermanos y hermanas:

Yo se que muchos de ustedes nunca oyeron hablar del activista anti-racista Afro-Cubano, Dr Darsi Ferrer. Sin embargo, se trata de una de las figuras mas importantes en la lucha por los derechos civiles del pueblo cubano y el mas valiente luchador contra la exclusión social. El Dr Ferrer fue detenido, hace algunas semanas, y encarcelado bajo absurdos e mentirosos cargos de “robo de material” del estado. Hace semanas que está en prisión.

El Dr Ferrer dirige varios programas independientes de ayuda a la población cubana discriminada, marginada y pobre (éstos son, en su inmensa mayoría, de origen africano). Por esa razón, las autoridades cubanas lo consideran como un elemento altamente subversivo, pues según el gobierno, en Cuba no hay ni pobreza, ni racismo ni marginación poblacional.

Aquí les envío, por lo tanto, un documental producido por el Dr Ferrer que muestra las condiciones de esas personas (los moradores de albergues), a los que el presta ayuda desde hace años. Vean el trabajo del Dr Ferrer en el documental que conseguirán en el enlace de Cuba Encuentro AQUI

Aclaro que es la primera vez, en toda mi vida de militante antirracista, que elevo la voz para reclamar apoyo a un disidente cubano; lo hago porque la magnitud de la injusticia que ha cometido el gobierno cubano ya llegó a límites que nadie puede tolerar sin convertirse en cómplice de la opresión de aquellos que no tienen voz en Cuba.

Apelo al sentido de justicia de cada uno de ustedes para que ayuden a movilizar la opinión pública mundial sobre este caso de detención política de un ciudadano cubano negro, honrado, valiente y dedicado a la causa de los mas humildes en Cuba.

Pido ayuda para liberar al dirigente negro, Dr Darsi Ferrer.

Agradezco su ayuda con el corazón.

Carlos MOORE

Pois é companheir@s vamos nos movimentar, já fizemos a notícia do caso Januário X Carrefour correr mundo… agora é a vez do Ferrer …

Cuba libre, negros iguales !!!!


Deixe um comentário

Preso Líder do Movimento Negro Cubano

O Dr. Darsi Ferrer  (um dos três principais líderes do movimento negro cubano) está preso na prisão de Valle Grande, em La Lisa, na periferia de Havana (Cuba), destinada  a presos comuns, não a presos políticos . Segundo notícias a parte da prisão em que foi encarcerado Ferrer  é a  destinada aos prisioneiros com tuberculose e infectados por HIV, o que demonstra a clara intenção do governo cubano.

O regime implantado por Fidel Castro e agora conduzido por seu irmão Raul, sempre negou a existência do racismo em Cuba pois o mesmo não condiziria com a imagem de um país socialista em que a desigualdade tenta ser combatida;  para tanto, ao invés de combater o racismo na sociedade, o regime optou por reprimir os ativistas e movimentos que o denunciam; lançando mão de expedientes da mais baixa torpeza a fim de incriminar dirigentes por  crime comum e "dar um recado" sobre o tipo de tratamento a ser dispensado aos que insistirem em lutar pelos direitos humanos em "la Isla" .

Hoje o Movimento  Negro Cubano já conta com mais de 35 entidades em toda ilha , o mundo todo precisa saber disso e da atrocidade que está sendo cometida pelo governo cubano, mais que isso, forçar o  mesmo  a parar tal atrocidade, para tal está na web um abaixo-assinado que todas as pessoas comprometidas com  o senso de  justiça, direitos humanos e principalmente com o combate ao racismo não podem deixar de assinar :  http://www.petitiononline.com/drferrer/petition.html

O Prof. Carlos Moore (reconhecido intelectual cubano dissidente e ativista negro  que vive no Brasil) , da conta da situação:

20 de octubre de 2009

Queridos hermanos y hermanas:

Yo se que muchos de ustedes nunca oyeron hablar del activista anti-racista Afro-Cubano, Dr Darsi Ferrer. Sin embargo, se trata de una de las figuras mas importantes en la lucha por los derechos civiles del pueblo cubano y el mas valiente luchador contra la exclusión social. El Dr Ferrer fue detenido, hace algunas semanas, y encarcelado bajo absurdos e mentirosos cargos de "robo de material" del estado. Hace semanas que está en prisión.

El Dr Ferrer dirige varios programas independientes de ayuda a la población cubana discriminada, marginada y pobre (éstos son, en su inmensa mayoría, de origen africano). Por esa razón, las autoridades cubanas lo consideran como un elemento altamente subversivo, pues según el gobierno, en Cuba no hay ni pobreza, ni racismo ni marginación poblacional.

Aquí les envío, por lo tanto, un documental producido por el Dr Ferrer que muestra las condiciones de esas personas (los moradores de albergues), a los que el presta ayuda desde hace años. Vean el trabajo del Dr Ferrer en el documental que conseguirán en el enlace de Cuba Encuentro AQUI

Aclaro que es la primera vez, en toda mi vida de militante antirracista, que elevo la voz para reclamar apoyo a un disidente cubano; lo hago porque la magnitud de la injusticia que ha cometido el gobierno cubano ya llegó a límites que nadie puede tolerar sin convertirse en cómplice de la opresión de aquellos que no tienen voz en Cuba.

Apelo al sentido de justicia de cada uno de ustedes para que ayuden a movilizar la opinión pública mundial sobre este caso de detención política de un ciudadano cubano negro, honrado, valiente y dedicado a la causa de los mas humildes en Cuba.

Pido ayuda para liberar al dirigente negro, Dr Darsi Ferrer.

Agradezco su ayuda con el corazón.
Carlos MOORE

 

Pois é companheir@s vamos nos movimentar, já fizemos a notícia do caso Januário X Carrefour  correr mundo… agora é a vez do Ferrer …

 

Cuba libre, negros iguales !!!!