Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA

10 de julho de 1884, 131 anos do fim da escravidão no Amazonas

Deixe um comentário

libertação dos escravos no amazonas

Após a lei provincial nº 184, de 19 de maio de 1869, que aprovara uma verba de 10 mil-réis para a emancipação progressiva de escravos e campanha abolicionista inciada em 1870 com a criação da Sociedade Emancipadora Amazonense destinada à compra de alforrias (posteriormente com participação de outras congêneres e da maçonaria), em 24 de maio de 1884 o movimento abolicionista de Manaus entregava as últimas 186 cartas de alforria da cidade, eliminando na prática a escravidão na capital amazonense, estendendo-se para o interior a onda emancipatória, em 20 de junho já não havia em termos práticos mais escravos na província, em 10 de julho em ato em praça pública contando com a presença de autoridades constituídas e acorrência da sociedade local, foi assinado o Auto de declaração da Igualdade de Direito dos Habitantes da Província do Amazonas, adiantando-se em quase quatro anos à lei áurea, a província do Amazonas declarou abolida em todo o seu território a escravidão.

Cabe lembrar que apesar de reconhecidamente o Amazonas ter tido a menor das populações escravas do Brasil, ela existiu e em números absolutos e relativos não desprezíveis, também contribuindo a despeito da tradição negacionista da presença negra no estado, para a sua composição étnico-racial e cultural.

população-escrava-no amazonas

Importante lembrar que esses números se referem a oficialmente escravizados, havendo na composição da população negra amazonense pré-abolição além desses, os negros já forros e nascidos livres (em número não determinado), somando-se ainda os “africanos livres”, na prática resgatados do tráfico negreiro já declarado ilegal após 1850 e mantidos sob tutela e a serviço do estado por determinado período, segundo último registro de 1866 em número de 71, além de seus descendentes;  para se ter ideia a população da capital amazonense, que tradicionalmente equivale a 2/3 da população do estado, no período  de 1872 a 1890 variou de 29.334 a 38.720, em 1884 estaria por volta de 33 mil habitantes sendo que mesmo após 14 anos de campanha abolicionista, quase 5% da população ainda era escrava.

Hoje a população do Amazonas tem 4,3 % de autodeclarados pretos e cerca de 69% autodeclarados pardos (desses obviamente pelas características regionais  a maioria de origem indígena, porém por extrapolação pode-se inferir como pelo menos 20% a população parda de origem afro,  que somada aos pretos, configuram uma população afrodescendente  de nada desprezíveis 25% da população total).

Fontes

LOUREIRO, Antônio. O Amazonas na Época Imperial. Manaus: Editora Valer, 2007

POZZA NETO, P. . Aqui abrio-lhe os braços da liberdade : os rumos abolicionistas no Amazonas Imperial. 2010. Disponível em : < http://www.historia.uff.br/stricto/files/public_ppgh/hol_2011_CaminhosLiberdade.pdf >

Recenseamento do Brazil 1872-1920. Rio de Janeiro: Directoria Geral de Estatística, 1872-1930; e IBGE, Censo Demográfico 1940/2010. Até 1991, tabela extraída de: IBGE, Estatísticas do Século XX. Rio de Janeiro: IBGE, 2007 no  Anuário Estatístico do Brasil 1994. vol.54, 1994 )

Autor: Juarez Silva (Manaus)

Analista de T.I, Prof. Universitário, Tít. de Especialista em Educação a Distância (Univ. Católica de Brasília), Certificação em História e Cultura africana e afrobrasileira (FINOM-MG) e em Direitos Humanos e Mediação de Conflitos (SEEDH- Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República), Mestre em História Social pela UFAM - Universidade Federal do Amazonas, Ex-Conselheiro Estadual de DH; Analista Judiciário do Quadro efetivo do Tribunal de Justiça do Amazonas. Ativista dos Movimentos Negros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s