Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA

A festa da menina morta, filme brazuca, rodado no Amazonas.

Deixe um comentário

A Festa da Menina Morta-banner

Pode ser que eu não seja o único…, mas morando no Amazonas há mais de duas décadas,  apreciador de filmes brasileiros e ligado no que anda acontecendo pela mídia, fui pego de surpresa ao encontrar no Netflix um filme de 2008  DO QUAL NUNCA TINHA OUVIDO FALAR…, chamado A FESTA DA MENINA MORTA, primeira direção do Matheus Nachtergaele e rodado na cidade de  Barcelos-AM em 2008, com um elenco “da pesada” de fama nacional (Daniel de Oliveira, Jackson Antunes,Juliano Cazarré, Dira Paes, Cássia Kiss, Paulo José)  e atores amazonenses ( Edinelza Sahdo, Rosa Malagueta, Mendes, Papaguara e Auxiliadora Matos, Conceição Camarotti e Laureane Gomes, que por sinal deram um show de interpretação além de figurantes de Barcelos).

O filme teve premiações em importantes festivais como Cannes, Gramado, Rio, Chicago, além é óbvio do Amazonas Film Festival… 

Gostei MUITO do filme…, quem não gostou provavelmente é porque só curte “blockbuster” ou filmes brasileiros lépidos e ambientados no  eixo “maravilha” do Brasil…, esse filme tem que ser visto com um “olhar antropológico”, quem é da Amazônia e especialmente do Amazonas vai reconhecer de imediato muito da própria identidade e vivências regionais, a atuação dos atores “regionais”  é um show e dá um molho diferente ao que se tem com a atuação dos “nacionais” , a estética do filme é bonita, planos “calmos” , fotografia de primeira, a história é muito legal, e ainda do ponto de vista “antropológico” é interessante ver as relações entre as personagens, o surgimento e adaptações de uma tradição místico/religiosa, a forma de habitação (super realista) comum nas periferias das cidades da região e nas áreas ribeirinhas, a ligação estreita  do cotidiano com os rios, expressões idiomáticas locais, o vestuário característico…, enfim, o filme mostra um Brasil que a maioria do Brasil desconhece e em um ritmo compatível com a percepção de quem vive nele,  conheço relativamente bem a cidade onde foi filmado (Barcelos) onde estive em duas oportunidades e andei a cidade toda, não é tão pequena e limitada quanto o filme faz parecer (o que é um mérito, já que parece ser uma outra localidade bem mais isolada e distante, exceto para quem conhece a cidade).

Não vou linkar o trailler pois ele estranhamente não faz jus ao filme… .

O filme está disponível na Netflix. 

Autor: Juarez Silva (Manaus)

Analista de T.I, Prof. Universitário, Tít. de Especialista em Educação a Distância (Univ. Católica de Brasília), Certificação em História e Cultura africana e afrobrasileira (FINOM-MG) e em Direitos Humanos e Mediação de Conflitos (SEEDH- Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República), Mestre em História Social pela UFAM - Universidade Federal do Amazonas, Ex-Conselheiro Estadual de DH; Analista Judiciário do Quadro efetivo do Tribunal de Justiça do Amazonas. Ativista dos Movimentos Negros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s