Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA

Cadê os “modinhas”, a cobertura da TV e as fotos “revolucionárias-bonitinhas” no instagram ????

1 comentário

educafro_manifestações_mosaico

Muita gente não entende quando questiono a participação “popular” massiva nas manifestações que estão ocorrendo no país (principalmente a de uma burguesada que nunca fez nada no sentido de reivindicar uma sociedade mais justa, mas que insistem em dizer que o “Brasil acordou” e acham que a sua participação “enche-rua-igual-micareta” é “o máximo da ação revolucionária”, que são praticamente “heróis da mudança” e que é por causa deles e de sua “participação-micareta” que ocorre e ocorrerão mudanças na ordem das coisas, como se nunca ninguém tivesse feito nada antes, nem fosse fazer depois…) .

Não digo que não sejam válidas as manifestações, nem que o envolvimento dos até então completamente inativos, insensíveis e não-solidários que agora se manifestam, seja inútil, o que quero dizer é que os verdadeiros heróis, gente que há anos está lutando por mudanças e estão no cyber-espaço, na ação política não-partidária e/ou modestas manifestações de rua (e sem qualquer solidariedade dos “manifestantes-modinha”), continuam “sozinhos” na luta, continuam invisibilizados na mídia, recebendo um tratamento desumano e repressão com força desnecessária e desproporcional mesmo na mais pacífica das manifestações, enquanto os “modinhas” no meio de uma turba gigantesca (que conta inclusive com vândalos e todo tipo de arruaceiros sem causa), ficam “torcendo” para  ver umas bombas de gás lacrimogênio, balas de borracha, spray de pimenta e cassetetes  nas imediações (nada muito perto…) só para sentir uma “adrenalinazinha”, essa gente que de fato não tem causa nenhuma, e só  vai para rua porque em manifestações com tantas causas e tanta diluição, não se comprometem de fato com nada (só com um vago “contra a corrupção” , “contra os desmandos do governo” , etc…), causas práticas, históricas e de real interesse das tradicionais classes excluídas, nem pensar…, o que vale é pintar o rosto de verde-amarelo, juntar a turma, se meter no meio da multidão e claro registrar os momentos e divulgar no instagram, no face… depois  ir para casa dormir com a “consciência tranquila” e a sensação de “dever cumprido”.

Enquanto isso, as manifestações pacíficas (26/06/2013) de grupos que estão há anos na luta (caso da EDUCAFRO nas fotos acima e vídeo abaixo), seguem sem solidariedade das “massas”, sem cobertura bombástica e recebendo tratamento que madames, patricinhas e mauricinhos “rebelados”  não recebem…, heróis são esses ai de baixo, não vocês…, e isso não vão ver em TV nenhuma, mas podem ver o vídeo :

Autor: Juarez Silva (Manaus)

Analista de T.I, Prof. Universitário, Tít. de Especialista em Educação a Distância (Univ. Católica de Brasília), Certificação em História e Cultura africana e afrobrasileira (FINOM-MG) e em Direitos Humanos e Mediação de Conflitos (SEEDH- Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República), Mestre em História Social pela UFAM - Universidade Federal do Amazonas, Ex-Conselheiro Estadual de DH; Analista Judiciário do Quadro efetivo do Tribunal de Justiça do Amazonas. Ativista dos Movimentos Negros.

Um pensamento sobre “Cadê os “modinhas”, a cobertura da TV e as fotos “revolucionárias-bonitinhas” no instagram ????

  1. Bravo companheiro, vc conseguiu em poucas laudas expressar nossa revolta e tristeza, sem falar das decepções.Texto rico e expressivo.Há muito tempo não lia uma postagem, sua, com tanta veemência, em breves momentos cheguei a duvidar de sua militância,embora tenha convicção de que vc a tem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s