Blog do Juarez

Um espaço SELF-MEDIA

Bem que eu tento…

Deixe um comentário

Passar um tempo postando amenidades e torcendo para não ter que “irritar” os leitores que não são afeitos à temática…, mas ao contrário dos que “não enxergam essas coisas” (nem querem enxergar), acham que racismo não existe no Brasil, ou se existe é “mínimo”  e que nós militantes do Movimento Negro, somos “paranóicos”, “exagerados”  e que deveríamos nos  preocupar com “coisas mais importantes” , não consigo ficar impassível diante de notícias tão desagradáveis que nos chegam em intervalos relativamente curtos de tempo; se nós que somos vítimas e potenciais vítimas desses eventos não divulgamos, essas coisas não mudam nunca…, as pessoas tem que saber, refletir e desenvolver repulsa real ao comportamento e mentalidade racista (os quais por vezes possuem e nem sequer se dão conta), a introjeição da  mentalidade racista  na sociedade é tão arraigada e perversa que pateticamente por vezes vem até de quem nem  é “branco”  mas “se acha”  não-negro  e no “direito” de tentar  inferiorizar “o outro” .  Abaixo a notícia:

Professor Cloves Saraiva e o aluno Nuhu Ayuba. Foto: G. Ferreira/JP

MPF pede que Polícia Federal abra inquérito para apurar denúncia de racismo na UFMA

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) requisitou à Polícia Federal a instauração de inquérito policial para apurar as denúncias de crime de preconceito racial contra Nuhu Ayuba, cidadão nigeriano e acadêmico do curso de Engenharia Química da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Os alunos do curso de Engenharia Química da UFMA estão divulgando manifesto acusando o professor Cloves Saraiva de “agredir sistematicamente” em tom racista o estudante nigeriano.

Segundo os universitários, o professor humilha Ayuba na frente da turma “bradando em voz alta que tirou uma péssima nota”, dizendo que “deveria voltar à África” e “clarear sua cor”. Saraiva tem dito ainda, de acordo com os estudantes, que Ayuba é péssimo aluno “porque somos de mundos diferentes  e aqui, diferente da África, somos civilizados”.

Alunos pedem afastamento de professor acusado de racismo no MA

Revoltados, os alunos da Universidade Federal do Maranhão fizeram um abaixo-assinado na internet. Já são mais de 3,5 mil pessoas pedindo o afastamento do professor acusado de racismo pelos alunos do curso de engenharia química.

Abaixo, a íntegra do manifesto. Quem quiser assinar é só clicar aqui.

Compilado do BLOG DO DÉCIO : http://www.blogdodecio.com.br/tag/nuhu-ayuba/   

Nota do blogdojuarez:  O professor ao ver que o “bicho ia pegar”  tratou de emitir “pedido de desculpas”  escrito e alegando “má interpretação” e até sacando (como esperado) do velho álibi do “pé na cozinha”  (parcial origem afro), não “colou”… e o “bicho vai pegar”, quanto a nós “paranóicos” esperamos que “pegue mesmo e de jeito”.

COMENTÁRIOS PLEASE…

Autor: Juarez Silva (Manaus)

Analista de T.I, Prof. Universitário, Tít. de Especialista em Educação a Distância (Univ. Católica de Brasília), Certificação em História e Cultura africana e afrobrasileira (FINOM-MG) e em Direitos Humanos e Mediação de Conflitos (SEEDH- Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República), Mestre em História Social pela UFAM - Universidade Federal do Amazonas, Ex-Conselheiro Estadual de DH; Analista Judiciário do Quadro efetivo do Tribunal de Justiça do Amazonas. Ativista dos Movimentos Negros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s